Final de ano com as finanças em dia!

Com as festas de fim de ano, chegam também as despesas extras: presentes, confraternizações, ceia de Natal e viagens, por exemplo, ocupam um bom espaço do bolso de quem está se preparando para as comemorações. Para não se perder nas contas e acabar comprometendo demais o orçamento, a palavra-chave é PLANEJAR.

Separamos um passo a passo para que você organize os seus gastos, aproveite ao máximo as festas e ainda comece o ano com o pé direito: no azul e pronto para realizar os seus sonhos em 2017. Olha só!!

1.Se organize!

Liste todos os ganhos de final de ano (13º, extras, bonificações, além dos ganhos fixos). Depois é hora de partir para as despesas: tanto as fixas, quanto as variáveis. Ah, não se esqueça de considerar também os gastos extras que terá no início do ano, como IPTU, IPVA e material escolar, por exemplo.

2.Planeje!

Com o orçamento organizado, veja onde há margem para corte e qual é o espaço para novos gastos. Com esses valores em mãos, você irá descobrir o quanto poderá gastar com as festas sem prejudicar as finanças.

3.Dê adeus às dívidas!

Liste suas dívidas (valor e número de parcelas). Em seguida, veja se é possível negociar os pagamentos com juros mais baixos. Considere a possibilidade de trocar várias dívidas por uma menor. Por exemplo, se você tem dívidas no cheque especial e no cartão de crédito (alta taxa de juros) pode buscar uma linha de crédito com juros inferiores, como um empréstimo pessoal.

4.Economize!

Sim, você precisa economizar. Independente do seu padrão de vida ou situação financeira, poupar é uma atitude responsável e inteligente. Uma boa dica é evitar o parcelamento das compras, assim você só compra o que realmente pode.

5.Faça uma reserva!

Ainda que você tenha dinheiro suficiente para cobrir todas as despesas do final de ano, não se esqueça de separar uma parcela dos rendimentos para usar, se for necessário, em situações imprevisíveis, afinal “seguro morreu de velho”.

Legal né?! Se você administrar bem suas finanças no final do ano, não precisará se aborrecer logo após a virada do ano novo com dívidas e obrigações financeiras com as quais terá dificuldades para cumprir. Então é melhor se planejar e curtir o clima festivo numa boa!

Tags:


veja também


Total de comentários ()

Voltar para lista de notícias