Novembro Azul 2018

O início do mês de novembro marca o encerramento do combate ao câncer de mama e inicia outra luta tão importante quanto - o câncer de próstata. Apesar de ter uma incidência muito maior, este ainda, é bastante ignorado pelo público masculino que muitas vezes se vê vencido pelo preconceito.

Até o final de 2018 mais de 68.000 homens serão diagnosticados com a doença. O Novembro Azul vem para conscientizar a prevenção de novos casos e o diagnóstico precoce, que garante maiores chances de cura. Sua taxa de manifestação é seis vezes maior nos países desenvolvidos e no Brasil é a quarta causa de morte na categoria, correspondendo a 6% do total de óbitos do grupo.

Os sintomas mais comuns do tumor estão na dificuldade em urinar, frequência de urina alterada ou a diminuição do jato, mas em sua fase inicial a doença não apresenta quaisquer sintomas. O câncer acontece quando há uma multiplicação anormal das células da próstata e se não for descoberto logo no início elas se espalham para outros órgãos. A cura do câncer de próstata só é possível quando a doença está restrita ao órgão, por isso é tão importante a realização do exame, não apenas para prevenir, mas para diagnostica-la precocemente como forma de combatê-la.

A partir dos 50 anos de idade os homens já devem procurar um médico ou um posto de saúde para a realização dos exames de rotina. Manter uma alimentação saudável, reduzir o consumo de álcool, realizar atividades físicas e não fumar são fatores indispensáveis que reduzem o risco da doença.

O grande problema é que a maioria dos homens não dá devida atenção à sua saúde de modo geral, e no que diz respeito ao câncer de próstata, o medo do exame de toque retal, indispensável no diagnóstico, aliado ao preconceito, impede que a classe masculina salve a própria vida.

A prevenção é sempre a melhor escolha. Se cuide e previna-se. Tamo junto na luta contra o câncer de próstata.


veja também


Total de comentários ()

Voltar para lista de notícias