Vem conhecer Monteiro, a aniversariante do dia!

Eita, menino! Hoje, 28 de junho, é o aniversário da poética Monteiro/PB, cidade do Cariri paraibano que completa 146 anos de fundação, faz fronteira com Pernambuco e fica a 301 km da capital João Pessoa. Então, botei meus binóculos nos ombros e dei o #partiu pra visitar, mais uma vez, este verdadeiro celeiro de artistas e riquezas naturais.

Assim que cheguei em Monteiro, fui direto pra zona rural de lá conhecer a famosa Rota Cariri Cultural, inaugurada há menos de três anos, mas que já se tornou parada obrigatória dos turistas que visitam a região. O trajeto conta com um passeio pela comunidade de Santa Catarina, passando por vários pontos turísticos, e é claro que fui em cada um deles.

Passei pela casa do poeta João de Amélia; Laje das Moças; pela casa do poeta Expedito de Mocinha; pelo complexo Zabé da Loca, onde conheci um pouco mais da história da famosa pifeira no museu instalado em sua residência e enchi o bucho em um restaurante para visitantes instalado lá cheio de comidas típicas maravilhosas; pela Laje de Nevinha; e, pra finalizar, pela linda Pedra da Lua. Foi bacana demais, rapaz!

Depois, fui bater perna na linda cidade e senti a cultura fervilhante do local. Comprei alguns cordéis, ouvi as músicas lindas do monteirense Flávio José, saindo das casas dos habitantes, escutei um pé-de-serra nas ruas, conversei com algumas pessoas, sempre muito animadas e simpáticas, e segui para o Museu Histórico de Monteiro, que fica no antigo prédio da prefeitura super abastecido com imagens e peças que narram em detalhes o valor histórico e cultural desta terra tão rica. A visita é rápida, mas muito enriquecedora.

Depois, fui conhecer o lindo Teatro Municipal Jansen Filho, localizado em um edifício de estilo neoclássico e que tem uma programação com exibição de filmes, ensaios abertos e peças para adultos e crianças. E, para finalizar o dia, entrei na Igreja Nossa Senhora das Dores, que tem um interior lindo pintado pelo artista Miguel Guilherme. Me falaram, inclusive, que ele chegou a pintar com os pés e a boca em pontos de difícil acesso.

Monteiro e toda sua riqueza cultural e natural estão de parabéns! Mal posso esperar para voltar à cidade... Aqui é mesmo o nosso lugar! ✌️🌳


veja também


Total de comentários ()

Voltar para lista de notícias